27 de abril de 2013

Segunda Chance - Cap. 8


----------Amor----------
1 Ano Depois...


Acho que nunca me senti tão mal na minha vida como estou me sentindo agora,sabem como me sinto depois que a (Seu Nome) foi embora?


Eu me sinto vazio,me sinto deprimido,sem forças,tudo que me vem na cabeça agora é como eu fui um idiota,eu vejo a imagem da (seu nome) sorrindo para mim,me fazendo carinho,mas a única coisa que eu fiz foi despreza-la,eu fui um completo idiota,como pude pensar que não a amava,como pude pensar que Nicole era a mulher que eu amo se meu coração pertencia a (seu nome),eu sinto falta do seu beijo,do seu toque,do seu abraço,do seu sorriso e do seu amor,se eu pudesse voltar no tempo eu faria tudo diferente,eu a trataria como uma verdadeira princesa que é isso que ela é.
Aí vcs me perguntas...Se você sente tudo isso por ela porque não foi atrás dela esse tempo todo?
E eu lhes respondo,eu não queria admitir para mim mesmo que eu a amo,mas agora...Agora não há pra onde correr,eu estou preso nesse amor que cada dia cresce mais dentro de mim,agora mesmo eu estou a caminho da casa da mãe dela,que é onde talvez ela esteja,mas para vcs entenderem melhor...depois que a (seu nome) foi embora eu comecei a namorar com a Nicole e viajei com ela para Las Vegas,mas depois de 4 meses eu e a Nicole terminamos e ela voltou para o Canadá e eu continuei lá,mas agora eu estou de volta,eu estou disposto a reconquistar a (seu nome).
Cheguei em frente a casa da mãe dela,respirei fundo e toquei a campainha...esperei alguns segundos e vi a porta sendo aberta e logo vi a mãe da (seu nome) com uma roupa nem muito extravagante,mas nem muito simples,ela parecia que ia sair mas isso não foi o que me chamou a atenção,oque me chamou atenção foi que ela estava segurando um bebê...Esperai...a (S/M) teve outro filho ?
Era um bebê muito bonito:


Assim que a mãe da (seu nome) me viu,foi fechar a porta mas eu botei o pé na frente a impedindo.

(S/M):Oque vc faz aqui?-perguntou brava-
Jus:Eu posso falar com a (seu nome)?
(S/M):Vc não cansa de machucar a minha filha não?
Jus:Eu estou arrependido,por favor.
(S/M):Vc se arrependeu tarde de mais,não acha?-deixou duas lágrimas caírem-
Jus:Oque vc quer dizer com isso?-perguntei preocupado-
(S/M):Entra.-me deu espaço para entrar-

Entrei na casa e a (S/M) mandou eu sentar,me sentei no sofá.

Jus:E então...?
(S/M):Primeiro me diga porque está aqui?Vc não disse que não à amava?Então volte para a Nicole e saia daqui.
Jus:Eu estou arrependido pelo que fiz,eu descobri que a amo.-abaixei a cabeça-
(S/M):Justin...-me chamou e eu a olhei-A (seu nome) não está aqui.
Jus:Não?Onde ela está?
(S/M):No hospital.-seus olhos lacrimejaram-
Jus:HOSPITAL?-me levantei preocupado-
(S/M):Ela...-respirou fundo-A (seu nome) entrou em coma quando teve o bebê,ela estava muito fraca,não estava em condição boa para ter o bebê,ela estava depressiva não queria comer,só comia pouco por causa do bebê,eles fizerem cesariana,pois ela não era capaz de dar à luz para ele no estado em que se encontrava-chorou-
Jus:Mas...-meus olhos lacrimejaram-Esse filho é meu não é?-ela assentiu e eu chorei-
(S/M):Ela te amava Justin.
Jus:Eu sei..eu...eu tbm a amo,mas me sinto horrível por só agora perceber isso,posso pega-lo?-me referi ao bebê-
(S/M) assentiu e botou o meu filho nos meus braços,quando o peguei em meus braços,senti um choque por todo meu corpo parecia que eu sabia que ele era meu filho,eu vi ele abrir os olhinhos deles e pude ver que eles eram iguais ao da (seu nome) ele deu um sorrisinho que me fez sorrir que nem um bobo pra ele,e o abraçar com cuidado.

(S/M):Ele sabe que vc é o pai.-sorriu fraco-
Jus:Qual é o nome dele?
(S/M):Alan.
Jus:Foi a (seu nome) que escolheu?
(S/M):É...ela pediu antes de entrar em coma "Bota Alan,ele vai ser o meu guerreiro" e sorriu,depois disso ela teve 1 parada cardíaca mais não morreu,entrou em coma.-chorou mais-
Jus:Eu sinto muito.-chorei-Eu queria ter visto ele nascer,queria ter ficado ao lado dela,pq ela não me disse que estava grávida?
(S/M):Ela ia te dizer Justin...mas acho que ela escolheu o pior momento para dizer né?
Jus:Como assim?
(S/M):Ela descobriu 1 mês depois que viu você e a Nicole juntos,mas ela não quis te falar pois não tinha coragem,mas depois ela soube que vc havia viajado com Nicole.-me olhou decepcionada-
Jus:Eu sei...eu sou um monstro.-solucei-eu estou arrependido por tudo,eu estou arrependido...
(S/M):Justin a (seu nome) havia me pedido para te entregar uns vídeos dela que estão no quarto se algo acontecesse com ela.-se levantou-
Jus:Posso vê-las?
(S/M):Eu te dou e vc assiste na sua casa ta?Eu estava indo visitar a (seu nome).
Jus:Visitar ela?Posso ir com vc?
(S/M):Não acho uma boa ideia.
Jus:Por favor.-implorei-
(S/M):Tudo bem.-respirou fundo-Venha irei te dar as fitas dos vídeos.-subiu as escadas e eu logo em seguida-

Logo vi a porta do quarto da minha princesa,como sei?Tinha seu nome na porta e tinha desenhinhos de guitarra.
A (S/M) abriu a porta e eu entrei primeiro,entrei devagar pois estava com meu pequeno em meus braços,olhei em volta do quarto e percebi que a (seu nome) tinha um bom gosto.


A mãe da (seu nome) pegou uma caixinha preta em cima do guarda-roupa,pegou o Alan de meus braços e me entregou a caixinha.
(S/M):Aqui.
Jus:Obrigada.-sorri-
(S/M):Não tem de quê,mas agora precisamos ir.
Jus:Tudo bem,vamos.

Descemos as escadas e seguimos até a porta da sala,ela abriu a porta da casa e me guiou até seu carro,entrei e me sentei no banco do passageiro,botei o cinto e e peguei Alan e o deixei no meu colo ,a (S/M) começou a dirigir em silêncio.
[...]

Na porta do hospital tinham vários paparazzis e vários fãs,assim que me viram foram a loucura,os fãs começaram a gritar furiosos e os paparazzis começaram a tirar várias fotos minha,entrei rápido com o Alan no colo e a (S/M) veio logo em seguida atrás de mim,cheguei na sala de espera e pude ver o pai da (seu nome) e alguns amigos.

Ana:Oque ele está fazendo aqui?-perguntou brava-
Jus:Eu só quero vê-la.-dei o Alan para a (S/M)-
Ana:Vc não vai ver ninguém,ela só está aqui por sua causa.
Jus:Eu estou arrependido,pelo amor de Deus entenda isso.-abaixei a cabeça-
(S/P):VC NÃO VAI VER A MINHA FILHA!!VÁ EMBORA DAQUI.-me pegou pela gola da camisa-
Jus:Calma.
(S/M):Pare com isso (S/P) ele está arrependido,deixe-o vê-la.

O pai da (seu nome) me soltou e eu suspirei aliviado.

Jus:Posso ir vê-la?
(S/M):Pode ir Justin,ela está na sala 3,a do 2º corredor.
Jus:Obrigada.-sorri-

Caminhei até o segundo corredor e fui até a sala 3,abri lentamente a porta e me deparei com a pior cena da minha vida,a minha princesa estava cheia de fios ali naquela cama,eu me senti horrível.
Fechei a porta e fui até ela,acariciei seus cabelos e falei com ela eu sei que é meio louco falar com ela que não poderá me ouvir,mas eu preciso desabafar.

Jus:Oi amor...e antes de vc pensar que estou bêbado,não eu não estou bêbado,eu te amo e me desculpe por só agora perceber isso.Eu sei que vc deve está muito magoada comigo,eu não te culpo.-chorei-Eu fui um monstro (seu nome),mas não me deixe,por favor não me deixe eu te amo você é a mulher da minha vida e é também a mãe do meu filho.-sorri ao lembrar dele-eu queria ter cuidado de vc enquanto estava com ele em seu ventre,queria está lá quando vc tivesse algum desejo maluco que dizem que grávida tem,e eu queria estar lá ao ver ele nascer,mas não pude,não pude por causa de uma burrice minha,eu só quero que saiba que te amo (seu nome).

Selei seus lábios que estavam um pouco frio e ouvi a máquina que mostra os batimentos do coração apitar,me separei dela e vi que ela estava com os olhos abertos,sorri.

Jus:(seu nome) meu amor,vc ta bem?! espera que eu vou chamar um médico...-ela me interrompeu-
Vc:Não Justin.-disse com a voz falhada-eu só queria poder dizer adeus para você antes de partir.
Jus:Doque vc ta falando (seu nome)?Vc vai ficar bem meu anjo.-chorei-
Vc:Não chora Justin...eu vivi tempo suficiente para conhecer o mundo como ele é...acho que minha missão aqui já está feita,eu não preciso ficar aqui,Deus está me esperando.-limpou minhas lágrimas-
Jus:Não diz isso (seu nome),por favor não me deixe,me perdoe por tudo que te fiz.
Vc:Eu te perdoei no momento que vc veio aqui só pra me ver Justin.-sorriu-Só quero que vc lembre que onde eu estiver eu vou te amar,sempre vou te amar...-fechou os olhos-

No momento em que (seu nome) fechou os olhos,a máquina começou a apitar desesperadamente,eu corri até a porta e comecei a gritar por ajuda e logo vi vários médicos correndo até a sala onde estava com (seu nome) eles me botaram para fora e eu sai daquele hospital em prantos sem falar com ninguém,eu sai pelos fundos para não ser visto por nenhum paparazzi.

                                                                                                      Continua...
Eu chorei fazendo esse capítulo,Vey eu acho que tô pegando jeito com essa coisa de ser escritora hein?!kkk
Espero que tenham gostado tanto quanto eu,beijos e comentem.

9 comentários:

  1. oooooooooomg,chorei .. posta o 9 pfvr.

    ResponderExcluir
  2. aiiiinnnnn to xoranduuuuuuuuuuuuu pur favorrrrrrrrrrrrrrr posta o 9 pf pf pf pf pf pf pf

    ResponderExcluir
  3. Eu aquii Lindaa, ameei continuaa Please

    ResponderExcluir
  4. Continuaa, please meeu eu vou chorar mt se ela morreu!

    ResponderExcluir
  5. Ta lindo eu ate choreii

    ResponderExcluir
  6. Cara posta logo ! Eu chorei MUITO, tô chorando até agora .-. meus olhos estão inchados por sua causa .-. mas dane-se KKKKKKKK Sério cara continua por favor, o mais rápido possível !

    ResponderExcluir
  7. EU CHOREI CARA MUITO PERFEITO

    ResponderExcluir

Comente :) e aproveite para virar minha(meu) seguidor(a) *--*